Damião Ramos enalteceu literatura de cordel

aca6

Poeta Damião Ramos Cavalcanti, Presidente da Academia de Letras da Paraíba, prestigiou a posse dos novos membros da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, ontem no Espaço Cultural.

“Eu sei falar, mas não sei dizer. Admiro os poetas que decoram seus versos e sabem dizer, do fundo da alma, o canto mais puro da expressão nordestina”.

 

Posse da diretoria e novos membros da Academia

No dia 24 de janeiro, tomaram posse os poetas Sander Lee, Fábio Mozart e Thiago Alves para mais um mandato na Academia de Cordel do Vale do Paraíba. A festa teve participação de bom público no auditório do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa. Como novos membros, assumiram os poetas Jandira Lucena, Piedade Farias, Bebé de Natércio, Iponax Vila Nova, Stelo Queiroga, Jurandir Maciel, Tiago Monteiro e Maurício Lima.

A solenidade contou com as presenças de artistas, animadores culturais e gestores de cultura como Herivelt Félix, Secretário de Cultura de Itabaiana, Damião Ramos Cavalcante, Presidente da Academia de Letras da Paraíba e Bernardina Freire, da Academia Feminina de Letras e Artes.

aca-tiago1aca2

aaa

Posse de poetas terá cantoria de Merlânio Maia e Bebé de Natércio

fabio-bebe-22-1-17

Bebé de Natércio (esquerda) com Fábio Mozart e Sander Lee, da ACVPB 

Os irmãos poetas e cantadores Merlânio Maia e Bebé de Natércio farão apresentação nesta terça-feira, 24, no mezanino do Espaço Cultural José Lins do Rego, na posse dos novos membros da Academia de Cordel do Vale do Paraíba. Bebé será um dos empossados.

Merlânio Maia, o “menestrel da paz”, é autor de oito livros e seis CDs de músicas e poesias nordestinas. Tem vários cordéis lançados. Bebé de Natércio é irmão de Melânio, ambos naturais de Itaporanga, sertão da Paraíba, é também poeta e cantador, músico e professor de artes.

Além de Bebé, tomarão posse na Academia os poetas Jandira Lucena, Tiago Monteiro, Stelo Queiroga, Iponax Vila Nova, Maurício Lima, Piedade Farias e o artista plástico Jurandir Maciel como sócio benemérito. A Academia também homenageará a poetisa Bernardina Freire com o Troféu Zé da Luz.

Secretaria de Cultura do Estado pode estabelecer parceria com Academia de Cordel do Vale do Paraíba para editar coletânea de poetas

academia-lau-19-1-17Fábio Mozart, Lau Siqueira e Sander Lee

A Secretaria de Cultura da Paraíba, através do seu titular, poeta Lau Siqueira, acenou para a possibilidade de convênio com a Academia de Cordel do Vale do Paraíba para edita livro com biografia e mostra dos trabalhos dos acadêmicos, ainda neste ano de 2017.

O poeta Sander Lee, presidente da Academia de Cordel, explica que “poesia não dá dinheiro, nem aos autores nem aos editores, por isso é complicado buscar na iniciativa privada patrocínio para um projeto desse tipo, que objetiva dar realce aos artistas da palavra, e só podemos contar com o poder público”. Ele acredita nos bons propósitos de Lau Siqueira, apesar da crise que se abate no país. “Lau é sensível e sabe que vale a pena investir na difusão da literatura de cordel, mesmo porque nosso trabalho é um ato de resistência”, finaliza. “O que nos orienta é a preocupação de valorizar e mostrar a importância desta arte, formando leitores e preservando o que temos de melhor no cordel paraibano”, disse Fábio Mozart, Secretário da ACVPB. Ele lembra que “muitos poetas ainda não realizaram o sonho de ter seu trabalho impresso, em edição bem trabalhada, com circulação estadual”.

Em reunião com Lau Siqueira nesta quinta, dia 19, Fábio Mozart e Sander Lee, da diretoria da entidade, alinhavaram os pontos principais do projeto de edição do livro, que conterá biografia e mostra da produção de todos os poetas da Academia de Cordel do Vale do Paraíba. A entidade estará recebendo novos associados na próxima terça-feira, 24, no mezanino do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.