josafá de Orós

O poeta e xilogravurista Josafá de Orós acaba de obter o primeiro lugar no 17º Concurso de Poesias da Universidade Federal de São João Del Rei, em Minas Gerais. Antes, teve um mine conto laureado também em primeiro lugar na Feira Literária de Boqueirão, Paraíba.

O certame, coordenado pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade Federal de São João del-Rei, selecionou 30 poetas de vários estados do Brasil. Na coletânea encontra-se o  poema “Destampa para o alto”, de Josafá de Orós.

Josafá Paulino de Lima, mais conhecido por Josafá de Orós, nasceu em Orós, CE, (1965). Reside em Campina Grande, PB, desde 1970. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). É sociólogo, artista plástico, poeta, produtor cultural, assessor em projetos de desenvolvimento, diretor executivo da Fundação Universidade Camponesa, sócio dos Institutos Históricos do Cariri Paraibano e do município de Pocinhos, na Paraíba. No campo artístico tem trabalhado com pesquisa, produção e exposições principalmente em xilogravura. É membro efetivo da Academia de Cordel do Vale do Paraíba.

Anúncios