poema-andarilha-camila-senna

Andar de trem é fantasia de muita gente, principalmente das gerações que testemunharam os trens cruzando o Brasil. E com acesso à música e poesia, é o que acena o projeto “Trem da poesia”, promoção da Academia de Cordel do Vale do Paraíba em parceria com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos em João Pessoa (PB). O Trem da Poesia é um projeto que está sendo formatado e negociado com a CBTU para levar passageiros no percurso João Pessoa/Cabedelo/Santa Rita em domingos e feriados, em dois carros de passageiro ultra modernos, os VLT (veículo leve sobre trilho), na companhia de monitores e poetas que vão animando o passeio com declamações e cantorias.

O projeto contempla ainda visitas monitoradas a equipamentos históricos como a fortaleza de Santa Catarina, em Cabedelo. Thiago Alves, diretor da Academia de Cordel, informou que já foram iniciadas as negociações com a CBTU para dar partida ao projeto no início de 2017. “Será um passeio recomendado e destinado para todas as idades, mas vamos priorizar a faixa da chamada ‘melhor idade’, com atendimento a grupos fechados”, disse ele.

Anúncios