padua gomes

Já comprei o meu chapéu,
Experimentei com alegria
Para festa do cordel,
Noitada de poesia,
Onde estão os grandes vates
Que fundaram a Academia.

O cordel tem a magia,
É inspiração divina.
Narra à saga de um povo,
Mostra a fala nordestina
E eu bebo desta fonte
De cultura cristalina.

O cordel me ilumina
Seja em qual aspecto for,
Mas usando este chapéu
Deixo de ser professor,
Passo a ser um vaqueiro
Poeta e aboiador.

Pela arte tenho amor,
Pelo cordel, simpatia.
E para nos elevar
Criou-se a academia
Pra reverência do cordel
Damos viva a poesia.

Anúncios