O poeta Beto Lucena, de Itabaiana, é o mais novo integrantebetoda Academia de Cordel do Vale do Paraíba, que será instalada em 24 de janeiro, na Câmara dos Vereadores daquela cidade. Beto ocupará a cadeira 18, cujo patrono é o cordelista Caetano Cosme da Silva.

Nascido em Nazaré da Mata, Pernambuco, no ano de 1927, Caetano Cosme da Silva residiu em Paudalho (PE) e Itabaiana (SE) antes de se fixar em Campina Grande (PB) em 1976. Além de poeta, foi agente da editora de João José da Silva, por onde publicou a maior parte de sua obra. Em 1966 fundou sua própria editora, a Folheteria São Caetano. Entre seus temas preferidos, constam as profecias bíblicas, como se observa em inúmeros folhetos de sua autoria. Entre estes, se destacam: “A carta do apóstolo Paulo ao mundo sobre os sinais do fim da era” e “A verdadeira profecia e almanaque de Frei Vidal da Penha, o profeta da verdade para o ano de 1982”.

Beto Lucena escreve e publica seus trabalhos na internet. Como pessoa ligada à fé cristã, Beto disse que é muito satisfatório o fato de ter como patrono na Academia um poeta que escreveu sobre temas religiosos. Agropecuarista, Beto já exerceu o cargo de vereador em sua cidade e tem ótimo relacionamento social na comunidade.

Anúncios